• ANÚNCIOS

  • PUBLICIDADE

Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

Área destinada à matérias diversas...

Moderador: Equipe-D

Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor Icecub3 » Qui, 23 Set 2010 10:06

Galera, estive dando uma olhada sobre o assunto e resolvi postar a matéria, para quem tiver alguma dúvida ou quiser conhecer mais:

8v ou 16v: Qual o melhor para você (e para seu carro)?
http://www.motorpasion.com.br/geral-car ... seu-carro/
Rosalvo Neto 23 de agosto 2009


Imagem

Existe um tema muito interessante e que atormenta muitas pessoas que estão em procissão para comprar um carro: Qual tipo de motor escolher, 8 ou 16 válvulas? Muitos pré-conceitos e algumas lendas serão desmitificadas neste artigo e você pode descobrir que esta andando em um ótimo carro, não em um mico de mercado.

Ostentar um logotipo “16v” no carro durante boa parte da década de 90 era coisa para carro de luxo no Brasil, até que o cabeçote multi-válvulas começou a chegar nos veículos mais populares com motor 1000. Era comum modelos como Palio 1.0 16v, Corsa 1.0 16v, Gol 1.0 16v, mas onde foram parar esses carros?


Hoje são poucas as fábricas que apostam suas fichas na tecnologia multi-válvulas no Brasil nos carros que estão na base da pirâmide veícular, os chamados veículos populares, pois alguns problemas “queimaram o filme” deste tipo interessante de motor.

Imagem
Divulgação
Motor C20XE que equipava o Vectra GSi tinha baixo consumo e 150 cavalos

O que era símbolo de status passou a ser fonte de dor de cabeça para as fábricas, pois investiram muito dinheiro nesses motores com cabeçotes modernos e o consumidor não deu a resposta que eles esperavam.

Pode parecer mais caro para uma fábrica montar um motor multiválvulas no Brasil, porém a verdade é que somos um dos poucos países que ainda prefere o motor com 2 válvulas por cilindro, gerando mais gastos com desenvolvimento de tecnologia local.

Corsa Clube
Imagem
O motor Chevrolet C16XE 1.6 16v entregava 106cv em 1995 graças as 16 válvulas

Na Europa, onde o cabeçote multiválvulas se espalhou com mais velocidade, o motorista que possui um carro com motor de baixa capacidade cúbica entende que tem um carro com motor fraco e acha mais importante a ecônomia que este tipo de motor faz.

Já no Brasil a história é outra. O Brasileiro médio acha que carro dá poder e status, então arrancar na frente do companheiro de semáforo é um item considerado ao se comprar um carro e essa mania deixa as fábricas com o juizo quente pois tem que inventar combinações inexistentes em todo o mundo.

Quatro-Rodas
Imagem
O Fiat Tempra foi o pioneiro no Brasil em tecnologia multi-válvulas

Como os motores multiválvulas mais antigos possuem uma letargia em baixas rotações, criou-se a fama de que carro 16v é fraco. A indústria trabalhou em soluções para este problema, mas o estrago já estava feito e os carros 16v passaram a encalhar no estoque.

Hoje temos motores com cabeçotes que minimizam o baixo torque em rotações mais baixas modificando o tempo de abertura das válvuas de diversas formas que serão abordadas em outro artigo, porém você pode reconhecer um carro equipado com este tecnologia quando traz siglas como VVT, VVTi ou VTEC.

Além disso podemos também ter coletores de admissão com geometria variável como no motor 1.8 16v que equipava a Chevrolet Meriva. Com 122 cv e 17,3 mkgf, este motor consegue entregar todo o torque a 3600 rpm, uma rotação muito baixa para este tipo de motor, quebrando o mito por vez de que motor 16v sempre é fraco em baixas rotações.

Volkswagen/divulgação
Imagem
Motor 1.0 16v Turbo utilizado no Gol foi um dos belos exemplos da tecnologia 16v

Estes motores 16v são projetados para trabalhar em maiores rotações e são muito gostosos de acelerar. Um bom exemplo de motor fraco em baixa rotações mas muito bom de ser acelerado era o motor 1.6 16v do Fiat Palio lançando em 1996 que associado a um escalonamento de cambio muito bom era divertido de ser guiado.

Porém o motorista padrão quer sair do semáforo rápido, passar as marchas e depois diminui-las o mínimo possível e ai que aparecem as falhas dos motores 16v. Como ele tem maior vazão de ar e combustível, o motor acaba tendo uma menor eficiencia volumetrica devido a quantidade maior de combustível a ser queimado.

divulgação
Imagem
Motor Honda equipado com comando variável

Porém o jogo vira quando as rotações sobem. Imagine-se fazendo cooper de manhã cedo na praça do seu condomínio, quando caminha até a praça sua respiração é lenta e controlada, quando chega a pista de cooper e começar a correr, haverá uma maior necessidade de ar para alimentar suas células e nosso corpo sabe como responder a este estímulo.

Em um motor acontece algo parecido. Quando estamos em rotação lenta, a necessidade da mistura ar-combustível a ser queimado é pequena, porém quando o carro é acelerado, esta necessidade aumenta, porém em um motor comum a abertura das válvulas continuará com o mesmo tempo utilizado nas rotações baixas, gerando uma falta de enérgia para completar o trabalho da melhor maneira possível.

Divulgação
Imagem
Cabeçote de um motor 4 cilindros e 4 válvulas por câmara de combustão

Um motor 16 válvulas em alta rotação tem ganhos significativos sobre um motor 8 válvulas pois pode “respirar” melhor quando está em alta rotação e por isso ele ele é indicados para quem gosta muito de pegar a estrada, ou quem tem uma toca mais esportiva ao volante.

Já o motor 8 válvulas responde melhor em baixas rotações, porém a medida que os giros vão subindo, a sensação de “estrangulamento” vai aumentando e o motor perde eficiência volumétrica, gerando menor potência específica.

divulgação
Imagem
Cabeçote 8 válvulas: simplicidade ajuda na manutenção

Existem alguns mitos sobre o motor 16v estragaram a reputação de muitos carros interessantes que tinhamos no mercado. As 4 maiores fábricas do Brasil praticamente retiraram de seus catálogos os motores multiválvulas em seus veículos.

Peguem o caso da GM por exemplo que em 1999 tinha em linha os seguintes carros com motores com multiválvulas: Corsa 1.0 16v, Corsa 1.6 16v, Vectra 2.2 16v e Astra 2.0 16v. Ou seja, praticamente do carro pequeno ao maior existiam versões com motores multiválvulas.

A Volkswagem chegou a lançar o motor 1.0 mais moderno do mundo que equipava o Gol 1.0 turbo com 112 cv de potência, comando de válvula variável (VVT) e diversas tecnologias que hoje em dia só encontramos em carros bem mais caros.

A Ford tinha o ótimo motor Zetec 1.4 no Fiesta lançado em 1996, que devido aos comentários maldosos dos mecânicos virou peça de museu. O Escort com o motor 1.8 16v também sofreu muito com a fama de “motor que não podia ser retíficado”.

A Fiat possuía um motor com 20 válvulas nessa época, que equipava o Marea e possuia 5 cilindros, o Palio 1.0 16v, Palio 1.6 16v e depois o Palio 1.3 16v, sendo que os motores 1.0 e 1.3 já pertenciam a família F.I.R.E.

Hoje praticamente não temos mais veículos com cabeçote multiválvulas nessas fábricas. A Volkswagen não tem mais nenhum carro nacional com motor 16v, assim como a GM que aposentou os motores X20XE e X24XE devido a novas normas de controle ambiental.

A Fiat utiliza em boa parte dos seus carro motores com apenas 2 válvulas por cilindro, com excessão do Linea que tem motores 16v tanto nas versões com motor 1.9 ou 1.4 T-jet e do Punto na versão T-jet

A Ford utiliza motores multiválvulas para o Novo Focus equipado com o motor Duratec 2.0, porém a geração anterior é vendida com o motor Zetec Rocam que possui 2 válvulas por cilindro.

Mitos e Verdades sobre carros 16v
Carro 16v dá mais manutenção do que carro 8v, mito ou verdade?
R: Mito – Todos os carros quando saem de fábrica tem um manual de manutenção. Quando este carro é submetido aos cuidados específicados pelo fabricante, difícilmente ocorrerão maiores problemas.

Se meu motor 16v quebrar a correia dentada, terei um gasto muito maior do que em um motor 8v, mito ou verdade?
R: Verdade – O motor 16v tem o dobro de válvulas, tuchos e balancins. A mão de obra costuma ser mais cara. A troca da correia também costuma ser mais cara pois tem mais esticadores e rolos guia.

Carro 16v tem o motor mais fraco do que motor 8v, mito ou verdade?
R: Mito – Cada motor tem a sua faixa de trabalho. Se o motor 8v parece mais “esperto” em arrancadas, o motor 16v abre vantagem em altas rotações.

Se eu comprar um carro com motor 16v terei problemas para revende-lo, mito ou verdade?
R: Verdade em partes – Se o carro teve uma versão problemática com motor 16v, por exemplo o Gol 1.0 ou Corsa 1.0, pode dor de cabeça revender. Já carros como Honda Civic, Toyota Corolla, Ford Focus entre outros, não costumam ter problemas com válvulas a mais e loja de usados.

Os motores Zetec 16v não são retificaveis, mito ou verdade?
R: Mito – Na verdade os mecânicos e retíficas que não possuíam as ferramentas corretas para trabalhar com o motor, assim como a Ford tinha uma politica de não vender as peças separadamente, somente kits caros e dispendiosos.

O Gol 1.0 16v tem problemas de durabilidade, mito ou verdade?
R: O Gol, assim como outros carros com cabeçotes multi-válvulas por terem mais partes móveis necessitam de uma lubrificação mais eficiente e muitos proprietários foram negligentes com seus carros quando novo. Quando foram passados adiante, quebraram na mão dos novos donos. Outro problema comum era causado por um desalinhamento da polia do comando, geralmente causado pelo próprio mecânico ao substituir a correia sem as ferramentas necessárias.

Se você já teve algum problema com um motor multi-válvulas, nos conte! Podemos ajudar outros leitores a solucionar o seu problema, ou tirar o medo da cabeça de quem esta querendo comprar um carro com motor 16v e está com medo.

Compartilhar




Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor thiagoSS » Qui, 23 Set 2010 10:12

sou louco pra por um cabeçote do pug 306 s16 no meu pug 306 "normal", mas não sei se compensa, pois um cabeçote 16v peugeot usado custa em torno de 1.500 reais, quase o preço de um vento :026:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor PAPADA » Qui, 23 Set 2010 10:29

o gol 16 v é queimado p/ não terem donos !! se eu comprasse um gol 16 v zero o motor duraria uns 300 mil km sou cuidadoso ao extremo coloco no meu carro só olleo recomendado pelo fabricante e sempre troco com no minimo 2000 mil ates do certo :023: materia muito boa :023:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor G 5 » Qui, 23 Set 2010 10:55

Parabéns ai IcecuB.
Ótima matéria. :clap: :clap:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor FABRICIUS » Qui, 23 Set 2010 10:58

thiagoSS escreveu:sou louco pra por um cabeçote do pug 306 s16 no meu pug 306 "normal", mas não sei se compensa, pois um cabeçote 16v peugeot usado custa em torno de 1.500 reais, quase o preço de um vento :026:


+1...Ainda quero colocar no minimo um cabeçote da gti 16v na minha parati.... :034:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor PAPADA » Qui, 23 Set 2010 11:05

FABRICIUS escreveu:
thiagoSS escreveu:sou louco pra por um cabeçote do pug 306 s16 no meu pug 306 "normal", mas não sei se compensa, pois um cabeçote 16v peugeot usado custa em torno de 1.500 reais, quase o preço de um vento :026:


+1...Ainda quero colocar no minimo um cabeçote da gti 16v na minha parati.... :034:


um amigo meu tinha uma parati gti 16v agora sei p/ ela era fraca de arrancada e o capeta de final !! não sabia que a vantagem do 16v era em altas rotaçoes :023:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor Icecub3 » Qui, 23 Set 2010 11:20

PAPADA escreveu:
FABRICIUS escreveu:
thiagoSS escreveu:sou louco pra por um cabeçote do pug 306 s16 no meu pug 306 "normal", mas não sei se compensa, pois um cabeçote 16v peugeot usado custa em torno de 1.500 reais, quase o preço de um vento :026:


+1...Ainda quero colocar no minimo um cabeçote da gti 16v na minha parati.... :034:


um amigo meu tinha uma parati gti 16v agora sei p/ ela era fraca de arrancada e o capeta de final !! não sabia que a vantagem do 16v era em altas rotaçoes :023:


Bom, se o cara souber tocar, ele tira proveito até na arrancada, pq muito motorista tem medo de esgoelar o motor, como foi falado na matéria do Auto-Esporte sobre os 1.0. Lá em casa temos tb um Clio 1.6 16v, andando em condições normais, em baixa RPM ele andava junto com meu Fiesta 1.0 8v quando meu motor era original, não adiantava atochar o pé que enquanto ele não chega a uns 3000RPM ele é manco. Depois disso começa a crescer o monstrinho, até o barulho muda :032: :032: :032: :032: . Mas se sair mais forte com ele usando o giro sempre giros médios e altos, a coisa muda de figura. O motorista brasileiro quer sair na frente, mas não quer esticar marcha, por isso os 1.0 8v muitas vezes dão um certo trabalho na saída, tudo uma questão de mudar o jeito de dirigir :019: :019: :019:
Editado pela última vez por Icecub3 em Qui, 23 Set 2010 11:25, num total de 1 vezes


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor FABRICIUS » Qui, 23 Set 2010 11:25

Icecub3 escreveu:
PAPADA escreveu:
FABRICIUS escreveu:
thiagoSS escreveu:sou louco pra por um cabeçote do pug 306 s16 no meu pug 306 "normal", mas não sei se compensa, pois um cabeçote 16v peugeot usado custa em torno de 1.500 reais, quase o preço de um vento :026:


+1...Ainda quero colocar no minimo um cabeçote da gti 16v na minha parati.... :034:


um amigo meu tinha uma parati gti 16v agora sei p/ ela era fraca de arrancada e o capeta de final !! não sabia que a vantagem do 16v era em altas rotaçoes :023:


Bom, se o cara souber tocar, ele tira proveito até na arrancada, pq muito motorista tem medo de esgoelar o motor, como foi falado na matéria do Auto-Esporte sobre os 1.0. Lá em casa temos tb um Clio 1.6 16v, andnando em condições normais, em baixa RPM ele andava junto com meu Fiesta 1.0 8v quando meu motor era original, não adiantava atochar o pé que enquanto ele não chega a uns 3000RPM ele é manco. Depois disso começa a crescer o monstrinho, até o barulho muda :032: :032: :032: :032: . Mas se sair mais forte com ele usando o giro sempre giros médios e altos, a coisa muda de figura. O motorista brasileiro que sair na frente, mas não quer esticar marcha, por isso os 1.0 8v muitas vezes dão um certo trabalho na saída, tudo uma questão de mudar o jeito de dirigir :019: :019: :019:


Fato...O preparador do carro do meu irmão disse que ele poderia trocar as marchas com 7 mil rpms numa boa (parati 1.0 16v turbo) meu irmão deu um pulo de susto...




Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor Dantas Diego » Qui, 23 Set 2010 11:56

Show a matéria... Isso prova q tanto faz ser AP, Fivetech, o q for. Se não tiver a manutenção correta motor nenhum segura a onda. Seja 8v, 16v, 20v e 24v.
:sss: :027:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor reapers1 » Qui, 23 Set 2010 12:28

eu tava com vontade de comprar um vectra cd 2.216v mas a galera me colocou medo dizendo q o motor era muito problematico, ai comprei uma parati 1.8mi, agora q li a materia estou antenado e poderei comprar um vectra tranquilo agora!! vlw galera!!


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor cazé » Qui, 23 Set 2010 12:36

Dantas Diego escreveu:Show a matéria... Isso prova q tanto faz ser AP, Fivetech, o q for. Se não tiver a manutenção correta motor nenhum segura a onda. Seja 8v, 16v, 20v e 24v.
:sss: :027:


+1... :027:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor Icecub3 » Qui, 23 Set 2010 12:45

cazé escreveu:
Dantas Diego escreveu:Show a matéria... Isso prova q tanto faz ser AP, Fivetech, o q for. Se não tiver a manutenção correta motor nenhum segura a onda. Seja 8v, 16v, 20v e 24v.
:sss: :027:


+1... :027:


Com certeza, na verdade o maior causador de problemas é o próprio proprietário do veículo, que sempre se vale do jeitinho brasileiro: "Ah tá rodando então beleza, hora que parar eu levo na oficina..." Eu mesmo já fiz muito isso e me arrependi várias vezes. Hoje sou um pouco mais consciente, por exemplo, meu Rocam costumo trocar o óleo de 5 em 5 mil km, esse mês excepcionalmente a grana apertou e não pude trocar, já estourei os 6mil km, então estou procurando andar mais de busão e quando preciso mesmo usar o carro, ser mais suave com o motor até trocar o óleo para ele continuar redondinho por muito tempo. Graças a Deus, já são quase três anos com o motor mexido e a saúde interna dele continua em ótimas condições :032:


Re: Motores 8v X 16v: Mitos e verdades

UNREAD_POSTpor Dudufuddellys » Sex, 24 Set 2010 12:30

Sonhando alto aqui com um GM 2.2 16V ou 2.0 16V!!!

Eita é nós daqui para o início do ano que vem!!!


:walla: :walla: :walla:

Esses malditos mecânicos que eram acostumados a mexer apenas com Fuscas, Kombis, Corcel I, Gol BX e nos primeiros AP que queimaram o filme desses motores multi-válvulas!

:026: :026: :026:



Retornar para Matérias

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante