• ANÚNCIOS

  • PUBLICIDADE

Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

Fique por dentro dos assuntos gerais, mensagens, notícias e etc...

Moderador: Equipe-D

Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Dudufuddellys » Seg, 09 Fev 2015 15:40

Risco de pedido de impeachment de Dilma prosperar dobra, diz consultoria

Temor de analistas do mercado financeiro é de que a crise política contamine ainda mais a economia, dificultando o ajuste fiscal

Imagem
Dilma, na posse do ministro de Assuntos Estrategicos, Mangabeira Unger (Foto: Ed Ferreira/Estadão)

Em relatório a clientes nesta segunda-feira, 9, a empresa de consultoria política Arko Advice calcula que a probabilidade de um pedido de impeachment prosperar dobrou desde a semana passada e agora chega a 30%
O risco era ao redor de 15% antes da pesquisa Datafolha mostrar no fim de semana que a popularidade da presidente Dilma Rousseff despencou.
O porcentual de risco atual, “embora pequeno, é significativo”, dizem os analistas da Arko Advice, lembrando no relatório que já existe nas redes sociais a convocação de uma manifestação pró-impeachment para o dia 15 de março.
Independentemente de se colocar um número para o risco de Dilma enfrentar um processo de impeachment, que hoje ainda não deveria ser o cenário base de investidores e empresários, os ruídos causados por notícias relacionadas a esse tema vão tornar o ambiente macroeconômico muito mais difícil.
Qual o empresário que, em meio à uma forte desaceleração da atividade e projeções de retração do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015, decidirá investir e contratar mão de obra vendo crescer à frente o risco de um impeachment da presidente?
Caso o barulho político comece a contaminar os preços dos ativos brasileiros, como os investidores de longo prazo vão reagir? E o capital externo?
Para além das notícias de isolamento de Dilma nas suas relações com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o Partido dos Trabalhadores, é interessante observar que ataques e críticas veladas ao seu governo começam a vir não somente da oposição.
Não passou em branco o artigo publicado na edição de domingo da Folha de S. Paulo pelo ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, o qual teria sido indicado por Lula para vários cargos no governo Dilma, os mais recentes incluindo o comando do Ministério da Fazenda e também da Petrobrás, como a imprensa vem divulgando há tempos em notas de bastidor.
Sempre comedido na escolha das suas palavras, Meirelles começa o seu texto, cujo foco seria eventos externos, desta maneira: “Com recessão, apagão, seca e petrolão …”. Ele arremata o artigo assim: “O caminho passa por uma administração profissional de governos e estatais, uma regulação pró-competição que dê condições aos empresários de empreenderem e gerar crescimento e emprego, um bom funcionamento do sistema de preços e a maior transparência possível.”
Isso sem falar no artigo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, publicado na edição de 1º de fevereiro de O Estado de S. Paulo, o qual pedia: “Resta, portanto, a Justiça. Que ela leve adiante a purga; que não se ponham obstáculos insuperáveis ao juiz, aos procuradores, delegados ou à mídia. Que tenham a ousadia de chegar até aos mais altos hierarcas, desde que efetivamente culpados.”
Ou ainda no parecer do advogado Ives Gandra Martins dando sustentação jurídica a um pedido de impeachment.
O cerco à Dilma saiu da oposição, começa a migrar para políticos ligados a “aliados”, como o ex-presidente Lula, e agora passa a ter o termômetro da avaliação popular.
Aliás, não se esperava que a deterioração do índice de popularidade, assim como a disparada na avaliação ruim/péssima, da presidente fosse tão rápida mal tendo começado seu segundo mandato.
A avaliação ótimo/bom de Dilma despencou de 42% na pesquisa anterior para 23% no levantamento divulgado no fim de semana, enquanto a nota ruim/péssimo subiu de 24% para 44%.
A piora das perspectivas para a economia brasileira – com o temor de inflação em alta, de recessão e do aumento do desemprego – explica em boa parte o sentimento negativo das pessoas ouvidas pelo Datafolha.
Mas não só isso: tem também o desgaste com o crescente risco do racionamento de água e de energia elétrica e o sentimento de que, com as medidas amargas do ajuste fiscal, especialmente com o corte de benefícios trabalhistas e elevação da carga tributária, Dilma fez exatamente o contrário do que prometeu na campanha eleitoral.
Para agravar a situação, as denúncias publicadas com a investigação da Operação Lava Jato sobre o esquema de corrupção na Petrobras azedaram o humor em relação ao PT e ao governo.
É nesse contexto econômico e político que dá para entender o porquê de a Arko Advice ter dobrado a probabilidade de um pedido de impeachment da presidente Dilma prosperar.
E o cenário à frente não é promissor. Isso porque, com a divulgação do depoimento do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, haverá maior turbulência política a partir de futuras fases da Lava Jato, quando os investigadores passarem a detalhar quais políticos receberam doações ilegais para as suas campanhas eleitorais.
Barusco disse, em delação premiada ao Ministério Público Federal, que o PT recebeu até US$ 200 milhões entre 2003 e 2013 em propinas provenientes de contratos da Petrobrás.
O que preocupa a investidores e analistas no ambiente de fragilidade política de Dilma Rousseff é a sua implicação para a determinação da presidente em levar adiante uma correção nos rumos macroeconômicos.
Interlocutores desta coluna concordam que a economia, comandada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, pode ser a tábua de salvação da presidente.
Mas o próprio Levy já não goza da mesma lua de mel com o mercado de quando começou a anunciar as medidas para obter a meta de superávit primário de 1,2% do PIB em 2015.
No auge do bom humor do mercado com Levy e com o Brasil, o dólar bateu, no dia 22 de janeiro, a cotação mínima de 2014, a R$ 2,5570. Por volta das 11 horas na manhã desta segunda-feira, a moeda americana era cotada a R$ 2,7900.
No fechamento do dia 21 de janeiro, a taxa do contrato futuro de juros com vencimento em janeiro 2017 – um indicador da percepção de risco e também das expectativas em relação à inflação e aos juros – fechou a 12,33%. No nível máximo registrado na sessão de negócios até às 11 horas de hoje, essa taxa bateu 12,78%.
Ou seja, o investidor já não está apostando tanto que Levy irá conseguir atingir o esforço fiscal prometido para 2015 nem que domará a inflação.
E esse é o problema que o Brasil pode ter de enfrentar no curto prazo: a política contaminando a economia, que por sua vez agravará mais o ambiente político. (fabio.alves@estadao.com)


Outra matéria: MERVAL: IMPEACHMENT DE DILMA NÃO SERIA ANTIDEMOCRÁTICO ( http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/169408/Merval-impeachment-de-Dilma-n%C3%A3o-seria-antidemocr%C3%A1tico.htm)

Compartilhar


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Raphael » Seg, 09 Fev 2015 16:32

Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.
Se a Dilma sair quem assume é o Temer (que é outro fanfarrão). Se no processo de impeachment o Temer também tiver culpa aí terá novas eleições, pois ainda não passou de 2 anos do mandato caso contrário que assume é o vice.
Vou pensar muiiito se vou gastar meu precioso tempo com essa b*** de impeachment, pois a resposta era pra ser nas urnas em Outrubro.
Agora que o Brasil tem que mudar isso tem começando de princípios básico: não furar fila, não andar no acostamento, não estacionar em vaga de deficiente/idoso. Já comecei fazer minha parte. hehehe


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor rodrigo_alaby » Seg, 09 Fev 2015 21:02

Raphael escreveu:Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.
Se a Dilma sair quem assume é o Temer (que é outro fanfarrão). Se no processo de impeachment o Temer também tiver culpa aí terá novas eleições, pois ainda não passou de 2 anos do mandato caso contrário que assume é o vice.
Vou pensar muiiito se vou gastar meu precioso tempo com essa b*** de impeachment, pois a resposta era pra ser nas urnas em Outrubro.
Agora que o Brasil tem que mudar isso tem começando de princípios básico: não furar fila, não andar no acostamento, não estacionar em vaga de deficiente/idoso. Já comecei fazer minha parte. hehehe


vai ter outra eleição e ai eu pergunto..quem o pt vai indicar?
a) Lula
b) todas as anteriores

tamo na merda!


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Dudufuddellys » Ter, 10 Fev 2015 13:14

O engraçado é que tem Petistas no meio querendo o processo de impeachment para a Dilma... Vai entender esses petistas hein? :sss:


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor kirkvalter » Ter, 10 Fev 2015 14:00

Tem um vídeo do senador Magno Malta rolando no facebook, se não me engano do dia 04/11/2014, em que ele diz que o Aécio Neves não perdeu uma eleição, e sim ganhou um livramento.

Nas palavras dele, já nesse período, ele dizia que o país estava quebrado, e ia precisar de ajustes maldosos na economia para tentar estabilizar tudo, e nessa hora o PT, caso o Aécio tivesse vencido a eleição, o partido iria cair matando, com uma oposição ferrenha pra destruir o mandato do mesmo.

O cenário atual já mostrou isso, e agora eles querem ceifar alguém em sacrifício, ou seja, propagarão um Impeachment pra dilma pra tentar salvar o seu "amado Lula" para uma próxima reeleição.


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Dudufuddellys » Ter, 10 Fev 2015 15:12

PELO O AMOR DE DEUS...

LULA NOVAMENTE NÃO!!!!


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor rodrigo_alaby » Ter, 10 Fev 2015 17:22

Dudufuddellys escreveu:PELO O AMOR DE DEUS...

LULA NOVAMENTE NÃO!!!!



aguarde e veras Dudu!
se o pt ja comprou o TSE uma vez imagina agora q tao com a grana toda da Petrobras


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor ..::cassio::.. » Qua, 11 Fev 2015 16:04

Está realmente rolando nas redes sociais uma convocação para o dia 15/03.


ATENÇÃO BRASIL
Dia 15/03/2015, domingo, nos reuniremos e sairemos as ruas de TODO O BRASIL pra pedir o IMPEACHMENT de DILMA ROUSSEFF como fizemos em 1992 com o então presidente Fernando COLLOR de melo.
Não pagaremos R$4.00 no litro da gasolina porque roubaram a Petrobras, não aceitaremos R$3.50 pra andar de ônibus ou trem, não aceitaremos aumento nos impostos já absurdos como IOF, ICMS, IPTU, IPVA e etc.. Chega dos mesmos, dia 15/03/2015 todos nas ruas pelo IMPEACHMENT!!!!
Nosso protesto é pacifico, não será permitido bandeiras e camisas de partidos políticos e vândalos e black blocs serão detidos e entregues a policia pela própria população. Haverá jovens, adultos e idosos na manifestação, pedimos que todos vão de verde e amarelo como em 1992 com as cores do BRASIL e caras pintadas!!!
Quem não pode se deslocar até os locais combinados, reuna a vizinhança, vá pra calçada de casa de cara pintada, saia do sofá e fique na porta de casa demonstrando sua indignação!
REPASSEM A TODOS OS CONTATOS E GRUPOS DO WHATSAPP E REDES SOCIAIS DO BRASIL... IMPEACHMENT JÁ!!! Ou ADEUS BRASIL E SEREMOS ESCRAVOS DELES..

CASO SUA CIDADE AINDA NÃO ESTEJA NOS LOCAIS ESTABELECIDOS, DEIXE UMA SUGESTÃO DE LOCAL E CONVIDE SEUS AMIGOS PRO EVENTO!

Lembrando que é difícil entrar em um acordo com todos em relação aos horários, deixamos o horário A PARTIR das 09:30. Esperamos que a manifestação tenha força o suficiente para permanecer até o final da tarde.
.
.
.
***BRASÍLIA - CONGRESSO NACIONAL***
.
.
.
***ACRE***
Rio Branco - Em frente ao palácio do governo
.
.
.
***BAHIA***
Salvador - Em frente ao farol.
Barreiras - Praça das Corujas.
Luís Eduardo Magalhães - Praça de Eventos - bairro Santa Cruz, px. rádio cultura.
.
.
***CEARÁ***
Fortaleza - Praça Portugal
.
.
.
***ESPIRITÓ SANTO***
São Mateus - ES - Em frente a farmácia Guriri do centro
Vitória - ES - Em frente a UFES
.
.
.
***GOIÁS***
Caldas Novas - Praça Matriz centro
Goiânia - Praça Cívica
Rio Verde - Igreja Matriz
.
.
.
**MATO GROSSO***
Cuiabá - Praça Alencastro enfrente a prefeitura.
.
.
.
***MATO GROSSO DO SUL***
Campo Grande - Praça do Rádio.
.
.
.
***MINAS GERAIS***
Belo Horizonte - Praça da Liberdade
Uberlândia - MG - Praça Tubal Vilella
.
.
.
***PARÁ***
Belem - Praça da Republica
Bragança - Orla da cidade
.
.
.
***PARAÍBA***
João Pessoa - Praça da Independência
.
.
.
***PARANÁ***
Curitiba - Centro Cívico
Maringá - Catedral centro
Londrina - Em frente à Catedral.
Ponta Grossa - Em frente ao terminal central
São José dos Pinhais - Catedral
.
.
.
***PERNAMBUCO***
Paulista - Praça Agamenon Magalhães
Petrolina - Praça da Catedral
Recife - Avenida Boa Viagem (próximo a padaria boa viagem)
.
.
.
***RIO GRANDE DO SUL***
Canela - Catedral de Pedra
Caxias do Sul - Praça Dante
Gravatai - Parcão
Novo Hamburgo - Praça das pombas
Porto Alegre - Parque da Redençao
Santa Maria - Santuário da Medianeira
.
.
.
***RONDÔNIA***
Porto Velho - Estrada de Ferro Madeira Mamore
.
.
.
***SANTA CATARINA***
Balneário Camboriú - Av. Atlântica, praça Tamandaré.
Blumenau - Em frente a prefeitura
Chapecó - Praça Central.
Florianópolis - Se reunir na Ponte
Itajaí - Igreja Matriz
Jaragua do Sul - Praça Angelo Piazero
Joinville - Praça da Bandeira
Timbó - Praça Central
.
.
.
***SÃO PAULO***
Americana - Avenida Brasil
Araras - Praça Barão de Araras (em frente ao obelisco)
Bauru - Parque Vitória Régia
Botucatu - Em frente a igreja da Av. Santana
Bragança Paulista - Igreja Matriz
Campinas - Avenida Francisco Glicério
Indaiatuba - Parque ecológico
Jaguariúna - Centro Cultural
Jundiaí - Av nove de Julho- Pontilhão da Nove
Mogi das Cruzes - Praça Oswaldo Cruz
Osasco - Av. Hirante Sanazar em frente a prefeitura.
Pindamonhangaba - Praça Monsenhor Marcondes
Piracicaba - Praça José Bonifácio
Ribeirão Pires - Vila do Doce
Ribeirão Preto - Praça Carlos Gomes
Santos - Praça da independência
São Caetano do sul - Av. Goiás em frente a câmara municipal
São Paulo - Masp
.
.
.
***SERGIPE***
Aracaju - Avenida Santos Dumont, na Orla de Atalaia.
.
.
.
Lembrando, que se por algum motivo, seja sério, ou seja só preguiça, você não puder sair de casa para ir até os locais combinados, fique pelo menos sentado na calçada em frente a sua casa, pegue uma cadeira de praia e fique conversando com seus vizinhos sobre o gramado, mas vá pra rua de verde e amarelo!


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Anderson silva » Qua, 11 Fev 2015 17:17

ja foram 15 tentativas e nada


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Alez » Qui, 12 Fev 2015 22:10

Qual embasamento legal para pedir o Impeachment da Dilma?


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Icecub3 » Qua, 18 Fev 2015 16:22

Somente uma observação:

Collor não sofreu Impeachment, ele renunciou diante da pressão popular que por sua vez o fez sofrer pressões políticas do próprio partido e aliados.


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor mixirica » Qua, 18 Fev 2015 23:16

kirkvalter escreveu:Tem um vídeo do senador Magno Malta rolando no facebook, se não me engano do dia 04/11/2014, em que ele diz que o Aécio Neves não perdeu uma eleição, e sim ganhou um livramento.

Nas palavras dele, já nesse período, ele dizia que o país estava quebrado, e ia precisar de ajustes maldosos na economia para tentar estabilizar tudo, e nessa hora o PT, caso o Aécio tivesse vencido a eleição, o partido iria cair matando, com uma oposição ferrenha pra destruir o mandato do mesmo.

O cenário atual já mostrou isso, e agora eles querem ceifar alguém em sacrifício, ou seja, propagarão um Impeachment pra dilma pra tentar salvar o seu "amado Lula" para uma próxima reeleição.

Aqui o video https://www.youtube.com/watch?v=PV9TB9USM7Q


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor FABRICIUS » Qui, 19 Fev 2015 15:06

Se ela praticamente tem metade do senado e camara no "bolso", ainda têm esperança de impeachment? :haha:


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Alez » Seg, 04 Dez 2017 14:48

FABRICIUS escreveu:Se ela praticamente tem metade do senado e camara no "bolso", ainda têm esperança de impeachment? :haha:


Também não acreditava que fosse possível mas...


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Dudufuddellys » Ter, 06 Mar 2018 14:58

Icecub3 escreveu:Somente uma observação:

Collor não sofreu Impeachment, ele renunciou diante da pressão popular que por sua vez o fez sofrer pressões políticas do próprio partido e aliados.


Ele renunciou, mas mesmo assim sofreu impeachment. Coisa louca! :029: :sss:


Re: Impeachment da Dilma, será que sai mesmo?

UNREAD_POSTpor Alez » Qui, 20 Dez 2018 23:44

O lula ainda ta preso?



Retornar para Fique por Dentro

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante